Decoração
17 out 2017

Nuvem de pratos na parede: inove ao pendurar

Que tal sair do tradicional e ousar na decoração de forma simples e acessível? Uma composição de pratos na parede pode facilmente substituir os tradicionais quadros. A proposta contrasta o clássico com o moderno, dando um toque extra de personalidade aos ambientes. Compor os elementos na parede como uma nuvem, de forma orgânica, pode trazer ainda mais autenticidade  ao decor.

Ao escolher os pratos, busque contrastes e semelhanças, como na temática, nas cores e desenhos.

A arquiteta catarinense Clara Machado dá a dica: “É importante que os pratos tenham uma harmonia entre si, combinando cores, formas e estilo”. Já Amanda Sayuri, também arquiteta, destaca que é importante verificar a altura que ficarão dispostos na parede. “A composição deve ficar na altura dos olhos, mas pode se espalhar pela parede de forma harmônica. A quantidade (de pratos) vai depender do tamanho da parede. Se ficarem muito espalhados, o efeito pode se perder”, explica.

Mas você pode ir além: os pratos também podem ser usados em estantes e prateleiras. Outra dica preciosa: garimpar pratos da avó, de um antiquário, de uma loja comum de louças e fazer um mix interessante de lembranças.

O exemplo do post é de um projeto assinado pelas arquitetas Clara Machado e Amanda Sayuri em um dos apartamentos decorados do empreendimento Côte D’Azur, da Cena Construções, em Florianópolis. Fica a sugestão para quem também adora coleções e trazer história para os ambientes da casa!

Fotos: Rudi Razador

Ilhabela
06 out 2017

Atividades criativas na Virada Sustentável S.Sebastião Ilhabela

Hoje começa a primeira edição da Virada Sustentável São Sebastião Ilhabela, projeto que vi sendo desenhado, entrei como voluntária no início de sua divulgação e inscrição de projetos, acompanhei a curadoria de sua programação e há algumas semanas faço parte de sua comunicação. Tudo como voluntária (assim como todos!), junto com uma equipe engajada que está arregaçando as mangas para fazer acontecer! Super legal ver o empenho de todos e tantos projetos criados e pensados com carinho para transformar pensamentos, mostrar boas visões e unir!

Conto pra vocês abaixo algumas das atividades que têm tudo a ver com a proposta do Cola e gostaria de recomendar! Se estiver por aqui, vem com a gente? Tem um link em cada uma que te leva ao evento na fanpage e pode ver endereço, quem organiza e mais detalhes!

Oficina de crochê de malha  (Ilhabela)

Workshop de fermentação natural (Ilhabela)

Encadernação com Papel do Quintal

Upcycling Têxtil (Ilhabela)

Feira Sustenta (Ilhabela)

Encadernação com papelão reaproveitado de contos de São Sebastião (São Sebastião)

Roda de Conversa sobre Economia Criativa e Colaborativa  (São Sebastião)

Cada uma das atividades você encontra na fanpage e na página oficial do evento que conta com um localizador de atividades por lugar ou nome. Basta acessar e se programar! Vire sua cidade! Espero que possam acompanhar e curtir! São mais de 60 atividades, caso esteja por aqui, um deve te atrair!  Estarei por lá nesse finde! Me acompanhem no meu instagram e na página oficial!

Inspirações
04 out 2017

Peças de vestir que nos fazem viajar

Eu não sei como é sua relação com mala de viagem, organização de mala ou tempo dedicado a isso… Por aqui, nem sempre os “looks” são a parte mais planejada para um passeio ou dias fora de casa. Porém, a relação com algumas peças especiais e momentos felizes e bem vividos parece poder marcar para sempre! E nisso eu penso bastante ao preparar uma mala de viagem! Vamos juntas ver fotos maravilhosas de lindos dias na França, momentos registrados e vividos pela Riva Sandálias e papear mais sobre isso? Peças de vestir que nos fazem viajar!

Betina admirando uma bela paisagem no jardim de Monet

Camille fazendo jus ao nome em solos franceses

Acessõrios que são memórias de viagem

Não viajo com toda frequência que gostaria hoje em dia, mas tenho a sorte de já ter batido muita perna. E ao pensar em alguns destios marcantes, não só pelas fotos, mas pela vivência naquele lugar e algum fato importante, relaciono a viagem a uma peça de roupa ou acessório. Sapatos, bolsas e casacos são o que mais marcam.

Por vezes, óculos também. Acontece com vocês? Assim como nessas fotos lindas de uma Carol feliz e saltitante na França, tenho recordações incríveis de passeios pelo jardim de Monet com um shorts florido e meias calça azuis (como não lembrar?), me transporto para o sul da França quando penso em uma bota de cadarço marrom e volto a viver dias em Paris com minha irmã caçula com um óculos escuro azul fosco. Engraçado, né? Curiosamente nenhuma dessas que me vieram primeiramente à mente existem hoje no meu armário. Ah que pena! Mas com toda certeza porque de tão especiais. usei a valer!

Betina levando recordação pra casa!

Se ela pudesse, quantos suspiros essa Betina daria? Tem como usar novamente e não se lembrar dessas cenas?

Pré memórias na bagagem

Sabendo dessa relação de carinho que uma peça pode ganhar após uma viagem delícia, já costumo fazer a mala matutando sobre esses itens chave. Mais do que pensar como ele vai combinar com tudo e ser curinga, já me pego pensando que um novo calçado ou uma nova bolsa (com sorte os dois!) precisam me acompanhar nessa nova jornada. Na minha cabeça não pode ser algo que já foi marcante uma vez, o legal é ser fresco para pisar em novos lugares e ganhar uma bagagem completamente nova e dar aquele gostinho de fazer foto e rememorar inúmeras vezes. E como é de praxe pra mim clicar os pés ou a bolsa ao lado de um café, materialismos à parte, aquela peça me marca mesmo. Pois nada mais gostoso do que abrir uma mala ao chegar ao novo destino com peças frescas (não necessariamente novas) que vão conhecer junto comigo aqueles novos lugares. E depois, também me fazer voltar lá sempre que eu tiver vontade de revesti-las.

Não é uma delícia prever memórias, se vestir delas e pensar nas várias que vêm pela frente?

Nathalia inspirando o perfume das flores

Mule curtindo a varanda despretensiosamente

Essas fotos de lindos pares da amiga e parceira marca Riva Sandálias em dias franceses me remeteram instantaneamente ao assunto… Espero que tenha curtido a reflexão e se chegou até aqui, me conte se faz sentido pra você também!

Desse jeito, sempre estamos bem acompanhadas!

Pra conhecer os modelos e (vai que) levar um par para sua nova aventura, vem cá no site!  Eu sigo maravilhada pelas fotos e tô feliz de terem me feito pensar em um monte de momento gostoso!

DIY
26 set 2017

Como renovar móveis com cor: dicas para pintar

No melhor estilo “faça você mesmo”, renovar os móveis pode ser uma opção fácil e econômica para dar outra cara ao ambiente. Algumas dicas de como pintar um móvel enviadas pela Suvinil podem deixar a tarefa mais simples! Confira boas sugestões abaixo e vamos ao extreme makeover!

Imagem via www.artenzo.com

Transforme o mobiliário apenas com as tintas

Na hora de repaginar a casa, uma das principais dúvidas é como escolher as cores. Neste caso, por que não colorir os objetos e móveis dos cômodos? Brincar com as tonalidades nestes elementos, deixam os espaços mais modernos e cheios de originalidade. Para evitar arrependimentos e garantir sucesso, antes de selecionar o tom desejado, leve em conta o estilo e as cores de móveis e objetos que já compõem o ambiente. Não se esqueça de relacionar os tons com o tamanho do móvel: tons claros para suavizá-los e escuros como contrapesos para destacá-los.

Agora, vamos à prática com dicas de acabamento e o processo de pintura de móveis do início ao fim!

Confira o passo a passo para dar outra cara à mobília:

1.    Escolha da tinta: o tipo de tinta adequada para madeiras e metais é o Esmalte. A Suvinil oferece duas versões: Esmalte Suvinil Seca Rápido (base água) ou Esmalte Suvinil Cor e Proteção.

2.    Defina a opção de acabamento desejado:

Acetinado: toque acetinado e requintado, brilho suave e alta resistência a limpeza ; Brilhante: toque liso e alto brilho, altíssima resistência a limpeza ; Fosco: sensação de toque seco. Ajuda a disfarçar imperfeições e irregularidades da superfície.

3.    Preparação: forre o chão com jornal ou uma lona para não sujar. Para o esmalte base água, tenha em mãos um pano úmido, caso respingue fora do forro você conseguirá limpar facilmente. Para a tinta base solvente use aguarrás.

4.    Pré-pintura: lixe levemente a superfície da madeira até eliminar o brilho, limpe o pó com um pano úmido e espere secar.

5.    Pintura: siga as instruções da embalagem do produto. Aplique uma ou duas demãos de tinta com intervalo de 4 horas entre elas. Finalize com o esmalte na cor desejada, aplicando uma ou duas demãos com intervalo de 4 a 8 horas, dependendo da especificidade do produto.

O bichinho da transformação DIY te atacou por aí também?  Recentemente transformei uma cabeceira de cama apenas mudando a sua cor e o resultado foi tão incrível que me perguntei por que não fazia isso mais vezes com móveis já caidinhos. Fica a dica para sua casa e boa criação!

Dicas
25 set 2017

Tendência: estilo tropical toma conta da decoração

Cola amou e compartilha! Porque novidades para decorar com bom humor são sempre bem-vindas. Aliadas a tendências do momento então, merecem ser vistas e curtidas. Flertei com as formas descontraídas desses abajures (estampas das cúpulas e bases) e mostro abaixo o release completo. Flagra nos pés de flamingo e na silhueta de cactos! Muito criativos! Fica a dica de uma nova marca, ao menos para mim! =)

Cores fortes e design divertido marcam a coleção Tropical Pop da Carambola Luminárias

Junte o verde intenso da vegetação, as cores vibrantes das frutas e a variedade de animais e TCHARAM: tenha inspiração aos montes. A natureza é um mar aberto de opções encantadoras que podem ser transformadas em itens decorativos. Ainda mais quando o calor bate à porta: por que não adotar o estilo tropical para dar um ar mais “refrescante” e divertido ao ambiente?

 

Pensando nesses elementos, a Carambola Luminárias lançou recentemente a coleção “Tropical Pop”, da linha Fun. Apresentada na maior feira de artigos para casa da América Latina, a ABCasa Fair 2017, a linha foi a que mais chamou a atenção dos visitantes. “Essa coleção aborda três figuras que estão muito em alta e não podiam passar despercebidas! Cacto, flamingo e abacaxi estão por todos os lados e, por serem um trio tão divertido, são a cara da nossa linha Fun. Cores fortes, estampas divertidas e formas como encantam a todos: impossível um ambiente receber esses itens e não se tornar alegre instantaneamente”, comenta a designer da Carambola, Yumi Sano.

O trio tropical

Abajur Abacaxi: Queridinho no universo fashion, que vem estampando camisetas e até virando desenho para tatuagens, o abacaxi é a fruta da moda. Tem a cara do Brasil e é o elemento chave para quem quer dar uma pitada de bom-humor na decoração. Pode se desprender dessa história de que fruta só serve para decoração de cozinha! O abajur Abacaxi é uma opção divertida para os mais variados cômodos da casa. Disponível nas cores amarela e preta.

 

Abajur Mandacaru e Cactus: Outro elemento bem brasileirinho é o cacto. O mandacaru, que é uma cactácea nativa do Brasil, é típico da região semiárida. A planta pode alcançar até seis metros de altura e é um importante “restaurador” de solos degradados. Pode até ser espinhento, mas o cacto simboliza a capacidade de superação de adversidades: ele consegue se adaptar muito bem à seca por conta da sua eficácia na retenção de água. Com um formato que lembra um candelabro, o elemento também virou uma simpática referência para os designers e foi essa a forma que inspirou o abajur Mandacaru, em duas versões: verde e preta.

O mesmo elemento é inspiração para a estampa do abajur Cactus, que é exclusiva, desenhada pela Carambola, com cúpula de tecido com cor verde predominante e base trabalhada em ferro.

 

Abajur Flamingo: O flamingo é uma ave chamativa por si só. É um animal raro, em extinção no Brasil. Conhecido por ficar numa perna só, o flamingo usa essa técnica como uma forma de equilibrar a temperatura corporal (ficando com uma perna só na água, não perde tanto calor). A cor meio rosada, meio avermelhada encanta e é resultado da alimentação do bicho que tem hábito de comer muitos crustáceos. Cheia de curiosidades, a ave é um ícone em alta desde a decoração de casa até de eventos e também virou luminária da Carambola.

O abajur Flamingo tem predominância da cor rosa na cúpula, estampa de flamingos exclusiva da Carambola e base de ferro que imita as perninhas da ave.

 
Para encontrar essas luminárias, acesse: www.carambolaonline.com.br
Fofos fofos, não são? Ótimos para descontrair um ambiente!