Decoração
05 nov 2017

Como escolher cor de tinta na parede: teste fácil da Coral

Blog de antigamente sempre foi lugar de dar dicas e sugerir novidades que a gente julga serem super legais e que merecem circular por aí, é ou não é? Cada vez mais tenho vontade de fazer o espaço voltar a ser esse lugar descontraído cheio de pequenas descobertas além de entrevistas, relatos pessoais, marcas do amor e novidades do mundo criativo. Para hoje, vi uma novidade no programa Decora do Gnt e corri para contar para quem anda querendo mudar paredes da casa: novo produto teste fácil da Coral!

Abaixo explico o lançamento que curti muito para testar cores sem medo de errar!

Teste pá pum com embalagem mini

Vejam só que ideia interessante: essa mini embalagem tem 30ml de tinta e um rolinho dentro dela. Por menos de dez reais, é então possível levar pra casa a cor que pensou em colorir a parede e sentir na própria superfície se combina com o ambiente! Não é bacana e prático? No episódio, o apresentador Maurício Arruda (gosto da maioria de suas produções!), testou a nova cor para 2018 Adorno Rupestre e foi simples ver sua cobertura e efeito. Esse rosa antigo foi anunciado recentemente, anda super em alta na decoração contemporânea e já mostrei aqui algumas composições e o motivo da escolha para o próximo ano.

Achei interessante para aquela hora da dúvida ao ver uma porção de cor interessante e fazer alguns testes! O que achou? Se usar, me conta se foi funcional? Tem pra vender no site da marca e me parece que em lojas de construção que vendam produtos Coral. Fica a dica para repaginar sua decoração! Até a próxima descoberta!

Na Prateleira
30 out 2017

Novo livro com mensagens de empoderamento feminino

Editora social MOL e joalheria PANDORA lançam livro com mensagens de empoderamento feminino.

A editora social MOL e a joalheria dinamarquesa PANDORA uniram forças para lançar um projeto de empoderamento feminino. O livro Você é Incrível custa apenas R$ 7,50 e traz 30 cartões postais destacáveis com mensagens inspiradoras para mulheres, desenhadas por 12 ilustradoras. A venda do livro terá renda revertida para a ONG Rede Mulher Empreendedora (RME), parceira da ONU Mulheres que apoia brasileiras a fortalecer seus pequenos negócios e a conquistar independência financeira.

Renda do projeto será revertida para a ONG Rede Mulher Empreendedora

Os recursos arrecadados com a venda do livro Você é Incrível serão utilizados pela RME em um programa de aceleração de negócios de varejo para microempreendedoras. Cinco mulheres de todas as regiões do Brasil serão selecionadas por um júri profissional da RME para serem beneficiadas por um ano. O objetivo é valorizar o trabalho feminino, apoiando e encorajando mulheres a descobrir seus talentos, desenvolver suas ideias e transformar seus sonhos em realidade.

Todo conteúdo do livro Você é Incrível foi feito por mulheres, para mulheres, em uma produção que reuniu diretamente uma equipe de 21 profissionais e colaboradoras da Editora MOL, entre jornalistas, designers e ilustradoras. Os textos foram inspirados em questões universais enfrentadas pelas mulheres, com um olhar positivo e acolhedor. As artes, todas originais e exclusivas, contaram com o talento de artistas como a paulista Brunna Mancuso (@brunnamancuso) e a catarinense Giovana Medeiros (@giovanamedeiros). A Pandora, que não obtém nenhum lucro na venda do livro, contribuiu na seleção do conteúdo para o alinhamento com a comunicação da marca.

O livro Você é Incrível apoia ainda a iniciativa Empower Women, plataforma global da ONU Mulheres e do governo do Canadá de estímulo ao empoderamento econômico da mulher (www.empowerwomen.org). Todos os cartões trazem o selo do movimento.

Você é Incrível está à venda nas lojas* física e virtual da PANDORA (www.pandorajoias.com.br).

*Consulte lojas participantes e use a hashtag #voceeincrivel.

Materiais
27 out 2017

Organização de tarefas com planner A.Craft

Não é de hoje que eu uso um planner no lugar de uma agenda para organizar meu dia a dia de trabalho… Como autônoma e dona do próprio nariz na hora de definir prioridades, tarefas, gerenciamento de tempo e outros afazeres fora do trabalho, essa ferramenta tem sido fundamental na minha rotina. E por quê um planner e não uma agenda? Além da atratividade e estética que me impulsionam a usar diariamente, a me manter organizada e fiel a suas páginas, te mostro a seguir algumas funcionalidades que me atraem bastante. Para completar, também mostro como é o planner da marca A. Craft que estou usando esse ano e já garanti a versão 2018. Vamos ver vantagens, como uso e detalhes a seguir?

Planner A.Craft com blocos de trimestre 2018, capa, caneta e queridos washitape para decorar

Capa reutilizável, blocos por trimestre e acessórios

Começar o ano com novidade é um empurrão para novos projetos e novo gás no trabalho! Dessa forma, é inevitável não querer caderno de anotações e agenda novos para anotar e gerenciar tarefas, certo? Sim e não com um planner como da A.Craft! Explico: com esse modelo que escolhi para me acompanhar durante 2017, posso facilmente trocar todo seu miolo e me encantar pelas novas cores e capas, incorporar novos acessórios como envelopes, réguas, cadernos…

Mas manter capa que estava perfeita e adoro, continuar com bloco do último trimestre do ano anterior para manter anotações de projetos e informações importantes e até mesmo manter em uso mesmo bloco de notas do mesmo formato dos blocos de trimestre. Essa é uma super vantagem para organização e motivação: saem períodos que chegaram ao fim, deixam de pesar na bolsa, mas ficam os dados importantes, aqueles lembretes e senhas importantes, número ou nome que até sabe onde anotou no bloco mais recente de meses e a funcionalidade que já faz sentido e já é conhecida no para o dia a dia.

Já deu para sentir aí a diferença com a agenda? Ao longo desse ano, por exemplo, por poder encaixar nos elástico os cadernos de meses, sempre deixei apenas de um ou dois trimestres para tornar o conjunto mais leve e ergonômico. Coisa que seria impossível em uma agenda comum.

Organização diária e metas da semana

Com tarefas de diferentes clientes, afazeres com cuidados da casa e bebê, além de anotações de eventos, viagem, reuniões, fica fácil se perder nos compromissos diários sem listas e anotações. Desde que me entendo como autônoma, não começo o dia sem uma organização de tarefas e muitas vezes numerando prioridades e também períodos para realização. Normalmente minhas tarefas vêm com números na frente e depois de realizada, tico e para passar para a seguinte.  Isso porque é bem comum tanto a vontade gigante de mesclar atividades e fazer tudo ao mesmo tempo sem muita ordem tanto a possibilidade de sobrar algo para o dia seguinte. Assim,  é sempre importante elencar quais são mais emergenciais e se lembrar que cada coisa deve ser feita na sua vez.

Dias da semana visíveis em duas páginas, bloco de metas e períodos

Com o planner, busco criar essa listagem diariamente e no início da  semana, por todos os dias estarem nas duas páginas, já dividir outras tarefas já sabidas dos dias seguintes. Só essa simples atitude já me ajuda a diminuir ansiedades e conseguir olhar de forma mais ampla para minhas pendências, entregas ou compromissos.

Um outro ponto que torna a semana mais eficaz é determinar nos espaços acima da página as metas gerais da semana. Nesses bullets eu acabo misturando coisas pessoais e de trabalho. É possível tanto ter “organizar armário”, como “pagar contas” como “entregar relatório”. Essas seriam macro tarefas que podem ser realizadas em mais dias da semana mas seria excelente cumprir até a sexta. E que alegria é fazer seu tique ao fim da semana, sucesso!

Itens úteis para uso diário do planner

Já que essa ferramenta de organização está longe de ser só uma agenda, já aproveito para enumerar alguns acessórios muito úteis além dos blocos de trimestres que está usando. Aqui vão:

  • Envelope plástico para guardar notas, cartões de visitas, papéis importantes como contas ou comprovantes
  • Divisória com porta-canetas e suporte para folhas
  • Régua para criar quadros, tópicos, fazer traços
  • Caneta que sempre precisa estar a postos
  • Gosto de ter clipes e fitas washi para prender recados ou notinhas importantes além de destacar assuntos ou dias

►►►

Fica meu depoimento sobre as vantagens do uso do planner e como fez diferença na organização da minha rotina! Esse modelo foi criado pela marca autoral e super pioneira desse modelo no Brasil A.Craft! Recomendo e admiro muito a criatividade e credibilidade desse negócio criativo. Espero que gostem do post e seja útil para quem procura uma nova forma de organização diária!

P.S.:Nem entrei no mérito por não ser a pessoa que faz decorações nem tem a letra mais linda, mas também vale complementar que manter suas folhas bonitas e atrativas como muitas adeptas amam pode ser mais um motivo de manter os dias bem organizados! Vai mais essa dica!

Dicas
24 out 2017

Porcelana Oxford com arte de jovens designers

A Oxford anunciou nessa semana os vencedores da 3a edição do Prêmio Oxford de Design, em que convidou pessoas de todo o país a desenvolverem uma estampa de um aparelho de jantar. Vamos ver quem levou o prêmio e quais foram os conceitos explorados pelos jovens artistas?

Com o tema A Cultura Gastronômica ao Redor do Mundo, o concurso recebeu artes de todo o país entre 19 de setembro e 9 de outubro. Os 30 finalistas foram selecionados por votação do público e um time de jurados definiu os três melhores projetos. A grande vencedora do concurso foi Juliana Lisboa Santana, com o projeto “Seja onde for, a comida nos une”. De Vitória, no ES, ela criou um conjunto inspirado nos grãos cultivados por diversas culturas ao redor do mundo. O colorido me encantou!

“Na mesopotâmia veio o trigo, depois o arroz no Oriente e o milho nas Américas. Esses cereais constituíram a base alimentar de boa parte do planeta. O design da coleção homenageia essa história e lembra que, seja em qualquer cozinha no mundo, comer será um ato social de aquecer o coração”, afirma a criadora. A designer terá sua linha numerada e produzida para ser comercializada no e-commerce da Oxford.

Em segundo lugar, foi eleito o projeto “Gastronomie”, de Ana Carolina Carneiro Batista. O conjunto apresenta a gastronomia como um fluxo contínuo de troca de experiências e culturas. “A gastronomia é representada por uma linha reta que passa por todas as peças do jogo, partindo da Grécia Antiga – de onde surgiu sua definição, passando pela França – uma das escolas culinárias mais importantes do mundo, e,assim, se espalhando pelo mundo”, explica.

De Salvador, na Bahia, Mayane Carvalho conquistou o terceiro lugar com sua obra “Bocapiu”, nomeada em homenagem a um tipo de sacola artesanal de palha.“Encontrada em feiras, o Bocapiu permite acomodar tudo o que o freguês precisa, num único amparo. Ele entra vazio e sai abastecido de cores, aromas e texturas. As feiras, espaços universais que nutrem a produção gastronômica, ofereceram ao projeto essa atmosfera inspiradora”, conta. O design ainda teve referências a alimentos oriundos de feiras através da técnica manual do carimbo.

Fiquei encantada com os conceitos e artes! E vocês? A ideia de estimular a criação de novos profissionais é tão bacana!

Ilhabela
21 out 2017

Primeira edição da Virada Sustentável São Sebastião – Ilhabela estimula arte, leitura e cultura local

Primeira edição da Virada Sustentável São Sebastião – Ilhabela tem engajamento de mais de 1500 pessoas nos dias 06, 07 e 08 de outubro de 2017

Foram aproximadamente 50 atividades com foco social, arte, cultura local e meio ambiente que proporcionaram a aproximadamente 1600 pessoas um fim de semana com experiências enriquecedoras em ambientes gratuitas à beira-mar.

Em Ilhabela, as atividades se concentraram no sábado dia 07 e em São Sebastião, no dia 06 no Instituto Verdescola e FATEC/ETEC, e dia 08, na Rua da Praia, em São Sebastião, que centenas de estudantes, moradores e turistas puderam participar de oficinas criativas, exibições de documentários, rodas de conversa com temáticas como cenários futuros e economia colaborativa, peça de teatro, shows abertos, práticas esportivas, atividades zen e leituras de livros e poesias.

Da poesia à encadernação manual

Com patrocínio da EDP e engajamento da população, cultura caiçara, língua portuguesa e arte com reaproveitamento estiveram em evidência entre as experiências que agitaram os dias de evento. Já na sexta-feira, a contadora de histórias Neide Palumbo encantou participantes com causos e letras de música populares de São Sebastião. No domingo, foi na casa Chão Caiçara na Rua da Praia onde todos paravam para se deliciar com um café de garapa, iguarias preparadas artesanalmente e ouvir poesias declamadas ao som do dedilhar do violão.

“A EDP tem muito orgulho de apoiar iniciativas que valorizam a cultura e a conscientização, como a Virada Sustentável. O evento, além de promover a história caiçara, colocou a língua portuguesa como foco, incentivando os visitantes a conhecerem mais sobre o nosso idioma”, afirma Pedro Sirgado, gerente executivo de Meio Ambiente da EDP.

Além dessas experiências, uma peça de teatro, também apoiada pela marca, relembrou mitos da região de forma lúdica e divertida ao cair do dia. E para que uma lembrança além das memórias pudesse ser levada para casa, na oficina de encadernação, participantes criaram livros com passagens sobre a cidade com capa de papelão reaproveitado.

Esses são alguns bons exemplos da programação repleta de atividades para todas as idades e interesses relacionados aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que serviram de base da agenda da Virada Sustentável São Sebastião – Ilhabela. Após os três dias de boas discussões e atitudes, o que ficou, além da vontade de mais atividades como essas abertas ao público e repletas de engajamento, foi a satisfação de termos tantas pessoas dispostas a contribuir com o meio ambiente e bem-estar da sociedade.