Comidinhas
10 jun 2015

Doces juninos: como fazer canjica!

Cola-boração de Juliana Ventura

receitacanjica

Primeiro queria pedir desculpas pela demora de uma receitinha nova. Fui pega por uma sinusite horrível, mas voltei! \o/ e voltei pulando fogueira, iáiá! Porque começou junho e com ele toda a comilança das festas juninas, que inclui, claro!, canjica, o doce docinho de milho branco que lembra infância e alegria.

E esqueça a ideia de que é difícil. Canjica é facílimo e, tirando o cravo e canela, leva quatro ingredientes! Só quatro!

Vamos aprender?

canjica

Ingredientes
500 g de milho para canjica
1 lata de leite condensado
1 lata de leite
1 vidro de leite de coco
10 cravos-da-índia
2 paus de canela
Canela em pó para polvilhar
Pegue sua colher de pau!

A primeira coisa a se fazer (e uma das mais importantes) e deixar a canjica de molho. Por 12 horas. Sim, 12 horas. Então, programe-se para fazer a canjica com um dia de antecedência. Prometo que, depois disso, o restante é facinho. Após as 12 horas, coloque o milho em uma panela de pressão, cubra com água (deixe cerca de quatro dedos acima do milho) e cozinhe por 20 minutos após pegar a pressão. Desligue a panela, escorra o milho e guarde duas xícaras da água do cozimento.

receitacanjica1

Em uma panela, coloque o milho, o leite condensado, o leite, o leite de coco e a água do cozimento. Coloque também os paus de canela e os cravos. Deixe cozinhar, mexendo ocasionalmente, por mais meia hora, até o doce ficar em consistência cremosa. Sirva quentinho, com canela em pó. Guarde na geladeira (para servir novamente, esquente na panela ou no micro-ondas).

Facílimo, não? Quem vai testar e contar como foi?

Para acompanhar a canjica, colheres lindas! 

colheres_canjica

1. Talher martelado Zara Home, 2. Talheres com cabo plástico Utilplast, 3. Talheres Spicy e 4. Colher amarela Anthropology

Vamos para cozinha? Bora se aquecer e curtir o clima junino!

Deixe seu comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com

Comente pelo facebook
4 comentários
  1. Adorei a receita!
    Tenho uma dica que adianta MUITO a vida na hora de cozinhar a canjica: Não precisa deixar de molho, quando for cozinhar coloque uma colher de sopa de manteiga ou margarina sem sal. Nunca marquei o tempo que leva pra cozinhar, mas fica molinha sem precisar deixar horrores no fogão e nem deixar de molho.
    Bjsss, adoro as receitinhas do blog!

    Responder
    • Juliana Ventura

      Oi, Kátia! Que bom que você gosta das receitas! Na verdade, eu mesma nunca tinha feito deixando de molho por 12 horas (mas também não sabia dessa dica, vou testar!), mas no fim achei que, apesar do tempo, o resultado ficou bem bom! :) Beijo!

      Responder
  2. Legal ver como cada lugar tem sua cultura, né… apesar de morar em São Paulo, eu sou nordestina, nasci e fui criada lá a vida inteira, e essa receita a gente conhece lá como “mugunzá”; a canjica nordestina é diferente, feita com milho verde mesmo (que é amarelo, vai saber pq chamam o milho amarelo de verde) e fica toda amarelinha. É uma delícia, também se come com canela polvilhada por cima e tb é super tradicional por lá nessa época do ano. :)

    Responder
    • Huuum, deu água na boca, Manu! Já tinha ouvido falar que a canjica no nordeste é mesmo outro doce! Deu vontade de experimentar!
      Um beijo e obrigada pela visita!

      Responder