Na Prateleira
27 jan 2016

Livro de Colorir Color PXL da Faber-Castell

livro_colorir

Tem novidade das boas para os amantes dos livros de colorir! A marca Faber-Castell, depois de inovar com a plataforma Color PXL, que integra o universo digital ao analógico, lança o Livro de Colorir Color PXL Lugares Incríveis. Já viram como é?

Ao invés de desenhos comuns com contornos em linhas, as ilustrações base para pintar são feitas de pixels, a linguagem de computador. O resultado vai sendo percebido a cada quadrado pintado! Ao fim, a criação se torna um verdadeiro mosaico, com pastilhas coloridas, um mix de handmade e tecnologia.

livro_colorir_fabercastell

O que é a plataforma Color PXL

A plataforma digital disponibiliza diversos Pix Papers para serem coloridos, divididos em três graus de dificuldade: fácil, médio e avançado. Os Pix Papers são folhas de papel A4 quadriculadas, sendo que cada quadradinho está identificado com um número que representa a cor que compõe o desenho. Após a pintura, transformam-se em divertidos desenhos.

livro_colorir_fabercastell1

Novidade nas livrarias

A proposta é tranimage006sformar o pixel numa nova manifestação de formas e cores feitas à mão, com o livro é possível conhecer imagens de 29 lugares incríveis de várias partes do mundo. A mecânica é a mesma do site já lançado, onde a pessoa é surpreendida ao conhecer os desenhos após colorir os pixels ou, se preferir saber o que vai pintar, basta consultar o gabarito de roteiros. Disponível a partir desse mês em livrarias, o livro também acompanha um guia de cores. Ao comprar o pack com a caixa de EcoLápis 24 cores, o livro vem junto.

Se você aí do outro lado viciou na ideia de colorir desenhos e testar suas habilidades com lápis e canetinhas, é certo que vai curtir entrar nessa onda de pintar os quadradinhos! Fica a dica de lançamento e por aqui, a curiosidade de ver os resultados ao vivo e a cores. #colanaprateleira

Na Prateleira
26 set 2015

Livro de desenhos de ponto cruz: apaixonei!

IMG_20150905_192924178_HDR

Dia desses me encantei com esse livro acima na casa da minha avó, a Oma. Quem aí está lembrada dos muitos cafés com bolo e bordados e suas unhas coloridas que já mostrei aqui? A Oma é uma bordadeira “de mão cheia” e recentemente ganhou este livro da minha tia após uma viagem a Berlim. O livro de ponto cruz é da coleção Kompakt, editora Topp (se eu bem entendi) e reúne uma série de temas de desenhos para bordar.

Logo que abri fiquei admirada com a variedade e a contemporaneidade dos desenhos! Afinal, muitas vezes vemos bordados incríveis pela web e feitos por mocinhas criativas, mas nem sempre são os desenhos que encontramos em livros e revistas sobre a técnica. Neste, foram as páginas de técnicas artesanais e jardinagem foram amor a primeira vista! Minha vontade era pegar linha e agulha naquela hora e testar minhas habilidades com ponto cruz, que são pouquíssimas. Mas com esses desenhos e boa vontade acho que até seria possível dar cor e graça a peças incríveis, não?

IMG_20150905_192740507_HDR

Temas favoritos: páginas com hobbies

Com todo respeito à editora e livro, tirei essas fotinhos dos temas favoritos para vocês se inspirarem também! Quem aí tiver prática e fizer botões, suculentas ou cactos, me envia fotos? Adoraria ver o resultado! E lanço a minha promessa de tentar fazer também!

Foi em uma outra visita à Oma que também me arrisquei ao ponto cruz e até mostrei um clique de brinde da minha primeira aventura. Ó neste post!

IMG_20150905_192857554_HDR

IMG_20150905_192806131_HDR

E bordado combina com café com bolo!

E já que o livro remete ao trabalho de bordado lindo da minha Oma querida e tem tudo a ver com as recordações que muitas netas têm de suas avós… Vamos de mesa caprichada de café da tarde de casa de vó para fechar o post? É assim, com todo esse carinho e capricho, que a minha costuma me receber. Tenho muita sorte e orgulho e não me canso de fazer fotos toda vez que provo esse bolo e tomo café nestas louças. Sempre uma inspiração de como colocar a mesa com bom gosto e detalhes.

IMG_20150905_175434991

IMG_20150905_175420973

Vamos de café com bolo e chantili e um pouco de ponto cruz? Ah, e na mesa, claro que uma toalha bordada sempre está a postos! Fica a dica de livro, que por mais que seja em alemão, é ilustrado e útil para bordadeiras de todas as nacionalidades. É ou não apaixonante ?

Neste site há pistas dos outros livros desta coleção que traz um monte de técnicas.

Na Prateleira
10 set 2015

Agosto foi o mês das revistas!

mockup_colacorelinha

Se agosto sempre parece um mês lento e com mais dias do que o comum, algo me diz que setembro começou acelerado. Estou para contar duas novidades lindonas para mim e para o Colacorelinha, e quando vi, dia 10 já havia chegado. Mas, notícia que foi comemorada com pulos e sorriso não pode deixar de ser registrada. O blog que crio nas horas vagas e com tanto carinho, meu conteúdo criativo e a decoração do meu lar doce lar se estenderam para novas páginas.

Ó a Ma Stump, Cola e #homesweethome fazendo bonito em revistas!

Continue Lendo >>

Na Prateleira
20 ago 2015

Gerou interesse: livro Craft and the Creative Economy

livro

Nesta onda de surgimento de novas possibilidades de trabalhos e valorização cada vez maior do único e feito à mão, o livro da Susan Luckman me chamou atenção. Por ora, apenas uma epifania da madruga ao buscar assuntos similares, mas suas resenhas na web fazem o olho brilhar.

Bora anotar a dica de leitura?

Para quem também se interessa em pensar (matutar, estudar, conversar) sobre a importância do mercado artesanal, seu crescimento, agentes e também sua relação com uma nova forma de pensar o consumo e as nossas relações me pareceu prato cheio.

A autora, que é professora de Estudos Culturais na Austrália, aponta os montantes que são gerados em e-commerces especializados em produção manual, o protagonismo das mulheres entre eles e como tudo isso gera possibilidades de trabalhos autônomos e de casa. Bacana, não? Fica o título e autora e a minha também vontade de adquirir e contar mais sobre. Tem disponível no formato e-book. #ficaadica

Vai para a prateleira: Craft and the Creative Economy, de Susan Luckman, editora Palgrave Macmillan

Na Prateleira
27 abr 2015

Revistas importadas do mundo craft: as favoritas

molie

Você gosta de diversificar as fontes de informações e sair de vez em quando dos blogs e mergulhar em revistas? Eu amo buscar ideias, ver fotos bem produzidas e acompanhar editoriais bem elaborados de revistas. E para falar das favoritas no segmento criativo, jamais depreciaria os títulos nacionais, mas tenho uma queda das grandes por duas publicações “gringas”.

Também gosta de folhear ou navegar por matérias com esse tema lá de fora?

As minhas favoritas são Mollie Makes e Marie Claire Idées

Talvez dispensem apresentações para você, mas para quem não conhece, vale apresentar com todo carinho. A primeira é americana e a segunda é francesa, ambas com projeto gráfico lindo, ensaios caprichados e sessões que vão de garimpo de materiais a produtos de beleza. Eu diria que são revistas femininas para mulheres que gostam de serem chamadas de prendadas, da cozinha ao trabalho. Para aquelas que adoram saber pregar um botão e também amam vaidades e decor acessível para a casa. As revistas têm estilo contemporâneo e os projetos apresentados seguem tendências crafts internacionais. Ao meu ver, uma ou outra coisa revela sua origem e por vezes não segue o gosto daqui. Mas, para mim, a maioria das ideias e referências são apaixonantes.

mollie

Onde e como acompanhar as edições

Para adquirir a revista física aqui no Brasil, os preços (como tudo), andam cada vez mais abusivos. A conversão para o real faz o título francês, por exemplo, custar quase uma nota de cinquenta… Já a revista Mollie Makes, acompanho na versão online, nunca encontrei em bancas grandes nem mesmo livrarias. Você já? Conte, conte. Mas minha sugestão para fugir do valor da revista de papel importada, tem uma saída linda além de comprar em viagem ou pedir e implorar para amigos e familares a cada partida, são os sites, blogs, vídeos e versões para iPad. Oba!

Os sites dessas duas inspiradoras: http://www.molliemakes.com/ e http://www.marieclaireidees.com/ trazem diversas das matérias do mês e reúnem as demais mídias sociais. Para nossa sorte, dá para curtir os projetos, ateliês e o ambiente todo. Já a versão de iPad, com valor bem bom para o bolso, é linda e completa. Tem tudo que a revista física tem e ainda extras. Para adquirir, é só ira na banca do seu tablet, sabe? Preciso renovar minha assinatura, realmente valia a pena.

marieclaireidees

Garanto que para dias sem muitas ideias, elas não irão te decepcionar! É abrir um dos canais com um café e música gostosa para ter vontade de sair criando. E se você não costura, não entende de receitas (de crochê e outras linhas) ou  moldes, bate aqui! – Ensaios, fotos de decor, ideias de jardinagem também não faltam. Ah, e quanto às línguas? Se não se sente super à vontade com inglês ou francês, tudo bem também, viu? As fotos já fazem seu trabalho. :)

Ficam as dicas e uma autolembrança para eu voltar mais vezes a cada um dos canais!